HomeRevistaPublicações recentesA Educação para a Cidadania Global e as Juventudes Partidárias: o caso do Concelho de Loures

A Educação para a Cidadania Global e as Juventudes Partidárias: o caso do Concelho de Loures


  • Promotor: AIDGLOBAL
  • Autor: Joana Branco Lopes
  • Coordenação: Maria Antónia Barreto, Centro de Estudos Internacionais do ISCTE-IUL
  • Língua: Português
  • Data de publicação: 29.09.2017
  • Número de páginas: 64
  • Acesso: http://aidglobal.org/estudo/
 

Apresentação

O estudo-diagnóstico “A Educação para a Cidadania Global e as Juventudes Partidárias: o caso do Concelho de Loures” é um resultado do projeto “Jovens na Política – Participar para a Cidadania Global” que decorre, em Portugal, com o objetivo de capacitar e mobilizar jovens militantes de partidos políticos para as problemáticas ligadas à Educação para o Desenvolvimento (ED), promovendo ações e reflexões em torno da Cidadania Global em articulação com as dinâmicas locais.
Elaborado pela Investigadora Joana Branco Lopes, sob a coordenação da Professora Doutora Maria Antónia Barreto do Centro de Estudos Internacionais do ISCTE-IUL, este estudo decorreu da premissa de que existe uma baixa taxa de envolvimento dos cidadãos portugueses nas questões do desenvolvimento, o que demonstra a necessidade de intervenção no campo da ED. Esta baixa taxa de envolvimento global traduz-se, em parte, na ausência de ações específicas por parte dos partidos políticos, nomeadamente das suas estruturas de juventude.

O estudo implicou uma recolha e análise documental das moções estratégicas globais e das linhas programáticas das Juventudes Partidárias bem como entrevistas a três jovens militantes de juventudes partidárias com assento no Conselho Municipal de Juventude do Município de Loures.

Este estudo-diagnóstico questiona se estamos ou não “a formar futuros políticos devidamente preparados para liderar um mundo com desafios constantes e globalizados”, sendo que “a investigação foi demasiado restrita para afirmar que não, embora todas as conclusões apontem para um certo alheamento face aos desafios globais”.

Cofinanciado pelo Camões — Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e promovido pela AIDGLOBAL, este estudo tem como parceiros o Centro de Estudos Internacionais do ISCTE — Instituto Universitário de Lisboa, o Instituto Português do Desporto e Juventude, o Conselho Nacional da Juventude e a Federação Nacional de Associações Juvenis.


“Education for Global Citizenship and Political Youth Organizations: the example of the Municipality of Loures”

The diagnostic study “Education for Global Citizenship and Political Youth Organizations: the example of the Municipality of Loures” is an outcome of the project “Young people in Politics – Participating for Global Citizenship” taking place in Portugal. This project aims at capacitating and mobilising young political militants for Development Education (DE) related issues by promoting reflections and actions concerning Global Citizenship in conjunction with local dynamics.

Written by the researcher Joana Branco Lopes, under the coordination of Professor Maria Antónia Barreto from the Center for International Studies of ISCTE-IUL, this study acknowledged the low commitment shown by Portuguese citizens in Development issues, establishing the need for intervention in this area (DE). To some extent, this low rate of commitment is expressed by the lack of specific actions implemented by the political parties, young wings included.

For the study it was necessary to collect and analyse data concerning the Political Youth Organizations’ global strategic motions and program guidelines, as well as interviews made to three young militants from Political Youth Organizations that are part of the Youth City Council from the Municipality of Loures.

This diagnostic study raises the question whether we are “forming new politicians prepared to lead a world in constant and globalized challenges”. “The research was too narrow to deny it. However, all the conclusions point out to a certain alienation regarding global challenges.”

Co-financed by Camões — Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., this study was promoted by AIDGLOBAL with the contribution of the following partners: Centro de Estudos Internacionais do ISCTE — Instituto Universitário de Lisboa, Instituto Português do Desporto e Juventude, Conselho Nacional da Juventude and Federação Nacional de Associações Juvenis.