HomeRevistaPublicações recentesSegurança Alimentar e Nutricional e Desenvolvimento

 

 

Apresentação

A fome, a desnutrição e a insegurança alimentar são simultaneamente causas e efeitos da pobreza, comprometendo o desenvolvimento humano, as perspetivas de desenvolvimento das sociedades e o potencial económico dos países. Encontrar alimentos a preços acessíveis, que promovam a saúde e a boa nutrição, para uma população mundial em crescimento, permanece um grande desafio internacional. A promoção de sistemas alimentares mais sustentáveis, resilientes, responsáveis, competitivos, diversos e inclusivos é um imperativo de desenvolvimento, que requer a participação de todos.

Os dados dizem-nos que a humanidade dispõe hoje dos recursos necessários para erradicar a pobreza extrema no espaço de uma geração, para acabar com a fome e com todas as formas de subnutrição, tal como estabelecido nos novos Objetivos Globais de Desenvolvimento Sustentável. Mas estarão os modelos e políticas internacionais a contribuir para a segurança alimentar e nutricional, numa perspetiva de desenvolvimento e de direitos humanos? As políticas e medidas implementadas são coerentes e coordenadas, potenciam o contributo sustentável do setor agrícola para o desenvolvimento e protegem os mais pobres e vulneráveis? Como assegurar uma ligação mais efetiva e positiva entre segurança alimentar e desenvolvimento?

O presente estudo, que faz parte de uma coleção de 5 estudos temáticos no âmbito do projeto Coerência.pt, responde a algumas destas questões, pretendendo ser um instrumento para a informação de todos os interessados e para o suporte à tomada de decisão. No capítulo 1, apresentam-se alguns dos factos e dados sobre vários aspetos da segurança alimentar e nutricional no mundo. De seguida, analisam-se as interligações entre segurança alimentar e desenvolvimento em várias vertentes, desmontando-se igualmente alguns mitos ainda prevalecentes, no capítulo 2. O capítulo 3 refere algumas das políticas globais, europeias e nacionais sobre esta temática, sempre com a lente do desenvolvimento, e analisa brevemente algumas incoerências da ação internacional na interligação entre segurança alimentar e desenvolvimento. A publicação conta com entrevistas e artigos de autores convidados, com vista a diversificar as perspetivas e enriquecer a análise.