HomeRevistaPublicações RecentesEscolas Transformadoras. Guia de integração da Educação para o Desenvolvimento e para a Cidadania Global na ESE-IPVC. 2019-2020

 

Arquivo

Categorias principais

Escolas Transformadoras. Guia de integração da Educação para o Desenvolvimento e para a Cidadania Global na ESE-IPVC. 2019-2020

 

  • Tipologia de publicação: Partilha de experiências
  • Responsabilidade: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo em parceria com a Fundação Gonçalo da Silveira
  • Autoras: Teresa Gonçalves e La Salete Coelho (coordenação)
  • Língua: Português
  • Data de publicação: Dezembro de 2020
  • Acesso: https://drive.google.com/file/d/10dtuwJJm-RHs0ocNwlgfnYmAYg-nD-O_/view

 

Apresentação

A Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESE-IPVC), sobretudo no contexto do seu Gabinete de Estudos para a Educação e Desenvolvimento, tem vindo a desenvolver, desde 2011, vários programas e ações de integração da Educação para o Desenvolvimento e para a Cidadania Global (ED/ECG) na sua oferta educativa. A participação de docentes da ESE em projetos internacionais nesta área fez emergir uma cultura de ED/ECG com repercussões várias nas dinâmicas educativas da Instituição.

O projeto Escolas Transformadoras, decorrido entre 2018 e 2020, agregou essa cultura, canalizando-a para uma abordagem mais alargada de integração curricular e consistente com os planos de formação da instituição. O número de docentes envolvidos/as foi maior, estiveram representadas as três áreas científicas de oferta formativa - a Educação Básica, as Artes e a Gerontologia - e foram incluídos/as estudantes de todos os ciclos de estudo – Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), Licenciaturas e Mestrados.

Suportado pelo eixo da integração curricular, o projeto Escolas Transformadoras desencadeou pontes, conexões, que tornaram possível a implementação de atividades, planificadas no âmbito das unidades curriculares, ou de modo mais espontâneo e informal no seio de um ambiente de cooperação desenvolvido entre os docentes e do qual resultou, por exemplo, a atividade RAP.

No presente guia, apresentam-se exemplos de como foi feita a integração curricular por cada um e cada uma das docentes participantes no projeto, através de várias Unidades Curriculares (UC).