HomeRevistaResumos de TesesErguer Pontes, Tecer Futuros e Construir Alternativas: a Economia Social e Solidária como prática(s) de Educação para o Desenvolvimento

Erguer Pontes, Tecer Futuros e Construir Alternativas: a Economia Social e Solidária como prática(s) de Educação para o Desenvolvimento

Título da dissertação: Erguer Pontes, Tecer Futuros e Construir Alternativas: a Economia Social e Solidária como prática(s) de Educação para o Desenvolvimento. 

Autoria: La Salete Coelho.

Natureza do Estudo: Dissertação de Mestrado em Economia Social.

Instituição: Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica Portuguesa, Porto.

 

Ano: 2013.

 

 

Resumo

Num tempo marcado por desafios como a globalização, a crise económica e financeira, as desigualdades sociais, os problemas ambientais, entre outros, a presente dissertação versa sobre conceitos e práticas que propõem mundivisões alternativas. Debruçamo-nos sobre a análise das relações entre a Economia Social e a Economia Solidária e destas com a Educação para o Desenvolvimento (ED) e sobre a forma como esta relação é percebida e equacionada em projetos de ED que exprimem e mobilizam princípios e conteúdos de Economia Social e Solidária (ESS).

Em termos metodológicos a investigação realizou-se através de um estudo de caso da Organização Não-Governamental CIDAC - Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral. O estudo foi realizado com base na análise de conteúdo de entrevistas e de documentos de um projeto da referida entidade dedicado ao Comércio Justo, temática facilmente identificada no âmbito da ESS, tendo aquele projeto sido aprovado numa linha de financiamento destinada à ED.

Argumentamos no sentido da ED enquanto processo de formação do cidadão, como ferramenta que propõe uma forma de olhar o mundo aplicável em diferentes domínios da vida social e, nesse sentido sustenta-se que a ESS é uma das formas de expressar a ED no campo económico. Estas relações foram aprofundadas a partir das seguintes categorias analíticas: conceitos e valores fundamentais, problemáticas que confrontam, conceção de globalização, conceção de economia, conceção de desenvolvimento, conceção de cidadania, conceção de educação, metodologias utilizadas, atores envolvidos e caminhos propostos. Desta análise concluímos que as áreas em estudo apresentam pontos de contacto nomeadamente ao nível dos fundamentos, valores, conceitos, metodologias e propostas, enriquecendo-se mutuamente.

Palavras-chave: Economia Social; Economia Solidária; Educação para o Desenvolvimento; Educação para a Cidadania Global; Educação Global.

 

 

Abstract

In a time marked by challenges such as globalisation, economic and financial crises, social inequalities and environmental problems, amongst others, the present dissertation deals with concepts and practices that propose alternative visions of the world. We directed ourselves, therefore, to the analysis of the relations between Social Economy and Solidarity Economy and of these with Development Education (ED) and about the way how this relationship is perceived and transmitted in projects of ED that express and mobilize principles and contents of Social and Solidarity Economy (ESS).

In methodological terms the investigation was carried out through a case study from the Non Governmental Organisation CIDAC - Amílcar Cabral Centre of Intervention for Development. The study was carried out with a base on the contents´ analysis of interviews and documents from a project of the referred entity dedicated to Fair Trade, a theme easily identified within the scope of the ESS, that project having been approved for financial support destined for the ED.

We argue in the sense of ED whilst a process of training of the citizen, as a tool that proposes a way of looking at the world applicable in different dominions of social life, and in this sense, we consider the ESS is one of the forms of expressing ED in the economic field. These relations were deepened from the following analytical categories: fundamental concepts and values, problematic issues that confront, conception of globalisation, conception of economy, conception of development, conception of citizenship, conception of education, methodologies used, players involved and routes proposed. From this analysis, we concluded there are similarities in the areas studied, namely at the fundamental levels, values, concepts, methodologies and proposals, and that both mutually provide enrichment.

Keywords: Social Economy; Solidarity Economy; Development Education; Global Citizenship; Global Education.